terça-feira, 26 de novembro de 2013

PCdoB DO MARANHÃO DESMENTE ACUSAÇÕES CONTRA FLÁVIO DINO

portal vemelho/ma

25 DE NOVEMBRO DE 2013 - 12H41 

NOTA do PCdoB: Mais uma mentira contra Flávio Dino

Em desespero devido ao baixo desempenho nas pesquisas, oligarquia inventa mais uma mentira para tentar manchar a imagem do pré-candidato da oposição ao Governo do Maranhão e líder nas pesquisas.

1. O PCdoB vem a público, mais uma vez, trazer a verdade a respeito de acusações feitas pelo grupo Sarney contra Flávio Dino.
2. Na tentativa de a qualquer custo manchar a imagem do pré-candidato do PCdoB a governador do Maranhão, o grupo Sarney usa informações inverídicas para tentar manipular a opinião do povo maranhense através de uma estrutura profissional paga com dinheiro público. As fraudes contra Flávio Dino são sucessivamente desmentidas, a exemplo da invenção de que ele recebia da UFMA sem trabalhar e das denúncias feitas pelo grupo Sarney na Comissão de Ética da Presidência da República, que foram arquivadas. Esse é o desespero: a verdade sempre aparece e então a oligarquia aumenta a agressividade e o ódio.
3. A mais nova mentira é tentar vincular Flávio Dino ao trabalho escravo, mas nada provam. A própria oligarquia parece não saber do que acusa Flávio Dino e apenas se refere ao fato envolvendo uma empresa em 2011. Ou seja: um ano após as eleições de 2010.
4. O disparate é tão grande que eles ignoram que Flávio Dino integrou a Comissão Nacional de Erradicação do Trabalho Escravo e é autor de um importante estudo contra esse crime contra os direitos humanos, intitulado “O Combate ao Trabalho Forçado no Brasil: aspectos jurídicos”, publicado pelo Ministério Público do Trabalho e outras instituições. O estudo acadêmico pode ser lido emhttp://www2.cjf.jus.br/ojs2/index.php/revcej/article/viewFile/526/707;
5. Por fim, é de conhecimento público a TOTAL LEGALIDADE nas contas apresentadas por Flávio Dino à Justiça Eleitoral, que foram devidamente aprovadas. Tudo foi absolutamente declarado como manda a lei. Quem responde a grave processo no Tribunal Superior Eleitoral é a governadora Roseana Sarney Murad, cuja cassação foi solicitada pela Procuradoria Geral da República.

São Luís, 25 de novembro de 2013
Comitê Estadual do PCdoB Maranhão
Márcio Jerry Saraiva Barroso - Presidente
Rubens Pereira Júnior – Deputado Estadual, líder da oposição na Assembleia

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Diálogos pelo Maranhão visita quatro cidades neste fim de semana

DO BLOG DIÁLOGOS PELO MARANHÃO

Diálogos pelo Maranhão visita quatro cidades neste fim de semana


Pio XII, Bacabal, Água Doce e Araioses se preparam para debater soluções para o Maranhão

A caravana do movimento Diálogos pelo Maranhão visita quatro cidades do Médio Mearim neste final de semana. Bacabal e PIO XII receberão lideranças do movimento na próxima sexta (22), enquanto Água Doce e Araioses recebem discussões sobre a realidade social do estado no próximo sábado (23).

Para buscar soluções para os principais problemas do Maranhão, diversas lideranças estaduais visitarão as quatro cidades em mais um fim de semana de debates. Reunindo representantes de movimentos sociais, sindicais, religiosas, empresariais, políticas e populares são convidadas para fazer parte da discussão sobre um novo projeto político e administrativo para o Maranhão.

A partir das 18h da sexta (22) os debates começam acontecerão em Bacabal. Logo em seguida, às 20h, a caravana segue para PIO XII.

Água Doce e Araioses recebem o Diálogos pelo Maranhão na tarde de sábado (23). As discussões que já percorreram dezenas de cidades em todo o estado levarão debates a Água Doce a partir das 17h e logo em seguida em Araioses, a partir das 20h.

A ideia de discutir a mudança do Maranhão por meio de política moderna e transformadora se baseia em três pilares fundamentais: Democracia, Igualdade e Desenvolvimento para todas as regiões do Maranhão.

Flávio Dino, coordenador do evento, estará acompanhado de outras lideranças políticas, deputados estaduais e federais que acompanham o percurso do movimento no interior do estado.

domingo, 17 de novembro de 2013

FLÁVIO DINO É PRIORIDADE NACIONAL DO PCdoB

PORTAL VERMELHO/MA


Flávio Dino é prioridade nacional do PCdob


     Na abertura do 13º Congresso Nacional do PCdoB, Renato Rabelo (presidente nacional do partido) fez um discurso enfático sobre a liderança de Flávio Dino no Maranhão e afirmou que a prioridade eleitoral da sigla é elegê-lo governador do Maranhão.
    Quadro de destaque nacional do partido, Flávio Dino é prioridade do PCdoB nas eleições de 2014. “A prioridade eleitoral do partido no ano que vem é ganhar o governo do Maranhão, é eleger Flávio Dino governador em aliança com outros partidos, forças e movimentos sociais,” disse Rabelo.
   O informe passado pelo presidente do PCdoB foi recebido com muito entusiasmo pelos militantes e dirigentes do PCdoB de todos os estados brasileiros, que estão reunidos em São Paulo no 13º Congresso Nacional do partido. Sob aplausos, Renato Rabelo afirmou que o PCdoB de todo o Brasil tem como meta vencer as eleições no Maranhão.
    A declaração de união de forças nacional em torno da eleição do candidato do PCdoB no Maranhão oficializa o que os dirigentes nacionais da sigla vêm declarando em entrevistas a diversos meios de comunicação. No Congresso, houve a formalização da eleição de Flávio Dino como prioridade nacional.
   O evento tem como foco a discussão do programa nacional do PCdoB com o tema “Avançar nas Mudanças”. Discursos de lideranças de vários estados destacaram a importância para o partido da eleição de Flávio Dino governador do Maranhão.
     Na abertura do evento, o PCdoB demonstrou que cobrará do PT o apoio à candidatura de Flávio Dino no Maranhão, numa ampla aliança para superar o modelo oligárquico no estado. Junto com outros partidos, o PCdoB acredita que o PT deve trilhar o caminho da mudança também no Maranhão.

Fonte: Redação Vermelho



domingo, 10 de novembro de 2013

Manoel da Conceição participa do Diálogos pelo Maranhão

Blog Maranhão da Gente 
(09/11/2013)
Manoel da Conceição participa do Diálogos pelo MaranhãoLíder camponês reconhecido internacionalmente por  sua luta em prol de um país mais justo foi o grande destaque na manhã de debates promovidas pelo evento na cidade de Imperatriz“Eu enxergo esse movimento como um grande compromisso que nós assumimos para ver a mudança do Maranhão. A transformação só acontecerá se escutarmos o povo bem escutadinho. Só assim essa realidade vai mudar.” Essas palavras foram ditas pelo líder camponês Manoel da Conceição – maranhense símbolo da luta pela reforma agrária e contra a ditadura militar no Brasil. A primeira agenda do movimento Diálogos pelo Maranhão na região Tocantina neste fim de semana deu lugar ao debate com trabalhadores, sindicalistas e líderes camponeses do sul do estado. A homenagem prestada por Manoel da Conceição – líder camponês que fez história na luta contra a ditadura militar nas décadas de 1960 a 1980 – foi o destaque da manhã de sábado. Na reunião realizada entre Flávio Dino (PCdoB), pré-candidato a governador do Estado, trabalhadores, sindicatos e movimentos sociais da região Tocantina renovou o debate acerca da promoção de um estado com maior Justiça Social para todos. Com dezenas de lideranças presentes, a reunião foi marcada pelo contato direto de Flávio Dino com os representantes de vários segmentos da sociedade da região Tocantina. Professores, trabalhadores rurais, agentes de saúde, líderes religiosos, presidentes de associações de bairros e de comunidades carentes se somaram ao evento para relatar os problemas que afligem a região. O evento contou ainda com a participação dos deputados federais Simplício Araújo (SDD), Domingos Dutra (SDD) e Weverton Rocha (PDT), estaduais Marcelo Tavares (PSB) e Raimundo Cutrim (PCdoB). Lideranças da região como Rosângela Curado (PDT), Márcio Honaiser (PDT) e foram alguns dos nomes que prestigiaram o evento.

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

FLÁVIO DINO: Para que essa política de segurança pública dê certo, é necessário que toda a comunidade esteja envolvida.

PORTAL VERMELHO/MA
3 DE NOVEMBRO DE 2013 - 15H17 
Soluções para a crise da segurança, artigo de Flávio Dino

Imagem inline 1

Chega o mês de novembro e vemos como saldo de outubro um intenso debate que tomou conta do Maranhão. A crise na segurança pública vivida pelo nosso Estado, escancarada no mês que se passou, implicou um processo importante de debates em todas as esferas sociais, que se perguntam: afinal, o que é preciso fazer para combater a crescente criminalidade no Maranhão ?


A questão chegou a tal ponto que os índices reveladores da má segurança pública no estado foram parar nas páginas do New York Times – com uma extensa reportagem sobre casos de violência que afligem a rotina dos maranhenses. A partir de uma tragédia ocorrida no município de Pio XII, o jornal dos Estados Unidos fala dos péssimos indicadores sociais do Maranhão, do mando oligárquico de décadas e das dificuldades que os policiais enfrentam para fazer o seu trabalho.

Essa exposição negativa do nosso Estado só se amplia, na medida em que pioram as estatísticas disponíveis. O último mês terminou com o número assustador de mais de 100 assassinatos apenas na região metropolitana.

A partir de debates com nossos conterrâneos e como resultado dos nossos Diálogos pelo Maranhão, tenho perguntado qual seria a prioridade para o estado. As respostas tem apontado a solução para a crise no sistema de Segurança Pública como uma das 3 maiores prioridades.

Contudo, de modo espantoso, no caminho inverso às preocupações do nosso povo, vimos o anúncio pelo Governo do Estado de corte no orçamento da segurança para o ano de 2014, diminuindo ainda mais os investimentos em área tão sensível. A isso se junta a perda de recursos federais, por negligência e incompetência de quem dirige (ou deveria dirigir) o Estado.

Ainda há tempo para a Assembléia corrigir os muitos disparates contidos na proposta orçamentária para 2014, entre os quais este atinente à segurança pública. É preciso que o Governo do Estado tenha consciência de seu papel definido pela Constituição Federal e coragem para combater a criminalidade no Maranhão. E que adote urgentemente um planejamento sério, com objetivos claros, metas definidas e políticas públicas integradas de prevenção e repressão aos crimes.

Para que essa política de segurança pública dê certo, é necessário que toda a comunidade esteja envolvida. A prevenção, como muitas vezes foi lembrado em nossos Diálogos pelo Maranhão, passa em primeiro lugar pela integração de políticas sociais. O investimento na educação, o incentivo ao esporte e à cultura, o desenvolvimento de políticas públicas para a juventude são formas de atuar na raiz do problema.

As condições materiais da Segurança Pública e do sistema penitenciário, que hoje passam por sucateamento, precisam também ser melhoradas. A visita ao Maranhão de membros do Conselho Nacional do Ministério Público e do Conselho Nacional de Justiça demonstrou a necessidade de investimento na estrutura carcerária do estado. Conforme sublinhou o juiz Douglas Melo Martins, o descontrole da criminalidade ultrapassou a barreira dos presídios, já que facções criminosas têm influência dentro e fora das penitenciárias.

Equipes preparadas e motivadas, com número suficiente de policiais no trabalho da segurança em todo o estado, é outro ponto que precisa de atenção. Com o menor contingente policial por habitante do Brasil, é urgente que o Governo duplique o número de agentes públicos a serviço da segurança. Além de aumentar o número de policiais e de equipamentos, é preciso estabelecer metas de redução de criminalidade por cidade e por região, premiando os melhores desempenhos com incentivos financeiros e oportunidades de crescimento profissional. Tudo isso funciona muito melhor do que ameaças e perseguições, típicas da ditadura que ainda ecoa no Maranhão.

Vamos continuar a refletir sobre o tema, em busca de novas ideias. Colocar o problema seriamente à população, com propostas concretas e realizáveis, é o papel de todos aqueles que querem por fim à política que se preocupa apenas com a eleição e colocar em seu lugar a política das soluções.

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

PROJETO DO VEREADOR JOÃO SILVA: DIGA NÃO À DITADURA

 Terça (05), o clima pretende esquentar logo cedo na Câmara Municipal de Imperatriz. E a razão é a discussão e votação do Projeto de Lei do vereador e dono de escola conveniada com o município, João Silva, que prevê o fim da eleição direta para diretor das escolas municipais.
   O projeto de lei contraria além dos princípios democráticos, a própria lei orgânica do município que diz o seguinte:
   Art. 170 – Os Diretores das Escolas Municipais serão eleitos por voto direto e secreto da comunidade escolar (professores, pais ou responsáveis, alunos com mais de 15 anos).
  João Silva já inventou uma presepeira dessas há uns quase 10 anos atrás. A câmara quase pegou fogo porque ninguém jamais aceitaria um negócio desses. Amanhã se espera o mesmo: Que os movimentos sociais, professores, estudantes, sindicatos e o povo em geral marchem contra uma proposta ridícula e antidemocrática que a única coisa capaz de garantir é a manutenção das escolas como currais eleitorais de políticos ultrapassados e fisiologistas.
  Pegue seu apito, bandeira, cartaz e ajude a nossa cidade a superar perspectivas que nos remontam para o Período Medieval.  

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Senado debate nesta terça-feira Plano Nacional de Educação

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) vai realizar na terça-feira (29), às 9 horas, a quarta audiência pública para debater o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 103/2012, que trata do Plano Nacional de Educação (PNE). A realização da audiência atende a requerimento dos senadores Angela Portela (PT-RR), Inácio Arruda (PCdoB-CE) e Alvaro Dias (PSDB-PR), relator da matéria na CE.


Para a audiência, estão convidados os presidentes do Fórum Nacional dos Conselhos Estaduais de Educação (FNCE), Maurício Fernandes Pereira; da União Nacional dos Estudantes (UNE), Virgínia Barros; e da Organização dos Professores Indígenas de Roraima (Opir), Rivanildo Cadete Fidelis. A secretária-geral da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Marta Vanelli, e o presidente do Fórum das Entidades Estudantis do Brasil, Ricardo Holz, completam a lista de debatedores.

O PNE é um plano do governo para melhorar a qualidade da educação. Tem metas consideradas ousadas como a erradicação do analfabetismo até 2020, planos de carreira e valorização de professores, controle social das metas por parte da sociedade e atendimento escolar universal para estudantes com deficiência.


Fonte: Agência Senado

domingo, 27 de outubro de 2013

Nas vésperas das eleições, Roseana corta gastos para a Educação e aumenta da Infraestrutura


Por André Santos*


SINAL DE ALERTA: na proposta de orçamento do ano de 2014 enviada pelo governo Roseana Sarney à Assembleia Legislativa, o Governo do Estado reduz o dinheiro da Educação, Saúde e Segurança e aumenta a verba da Infraestrutura, secretaria comandada por Luís Fernando, candidato da oligarquia ao governo do Maranhão no próximo ano.

Vale ressaltar que o Estado ainda não terminou de cumprir os pontos do acordo da greve previstos para agosto deste ano. E em janeiro, pela lei do novo Estatuto do Educador, deverá haver correção salarial no mesmo percentual de aumento do piso salarial nacional e também a primeira etapa do passivo de progressões atrasadas. 
Com esses compromissos e com as demandas desse setor, como é que o governo reduz o orçamento da educação, algo totalmente inverso em relação ao que vem ocorrendo no país? Não há palavras que descrevam essa praga...
Não se pode aceitar também em hipótese alguma a redução da verba da saúde e da segurança. 
É a oligarquia tentando comprar uma eleição sacrificando o povo. 
Precisamos reagir imediatamente!

* André Santos é Coordenador do Sinproesemma em Imperatriz, Presidente do Partido dos Trabalhadores e Professor do Instituto Federal do Maranhão. Militante Social desde que o conheci há 17 anos.

sábado, 26 de outubro de 2013

NOSSA MATÉRIA SOBRE CAMPANHA ANTECIPADA DE LUIS FERNANDO REPERCUTE NO BLOG MARRAPÁ

Atento aos acontecimentos políticos do Maranhão, Blog Marrapá repercute a Matéria que denuncia campanha antecipada do pré-candidato da Família Sarney, Luis Fernando.
Agora temos a clareza que o Maranhão toma conhecimento de mais uma das práticas espúrias do Governo do Estado

Vaza áudio que comprova a campanha antecipada de Luís Fernando Silva
25 de outubro de 2013    |    às 9:00 am    |    Postado por:     
O blog Lado de Cá, da cidade de Imperatriz, publicou áudio que comprova o campanha fora de época do pré-candidato ao governo do Maranhão, Luís Fernando Silva (PMDB). O áudio também expõe que os eventos promovidos pelo governo do Estado, como o Governo Itinerante, tem se transformado em verdadeiro atos políticos para enaltecer o nome do secretário de Infraestrutura do governo Roseana Sarney (PMDB).
Luís Fernando Silva: campanha antecipada comprovada.
Luís Fernando Silva: campanha antecipada comprovada.
O registro mostra que até a retroescavadeiras financiadas pelo governo Dilma Rousseff (PT), distribuídas melhorar as condições das estradas vicinais dos municípios, são utilizadas para promover a candidatura do grupo Sarney, o que se configura como crime eleitoral.
O áudio capturou a conversa entre a assessoria de Luís Fernando Silva e um vereador da Região Tocantina. Nele, uma mulher convida o parlamentar para comparecer ao evento de entrega de 54 retroescavadeiras doadas pelo Governo Federal para municípios do Maranhão, nesta sexta-feira (25), às 9 da manhã, no auditório da Faculdade de Imperatriz (Facimp).
- Isso que eu ia lhe pedir. Para o senhor contactar com todos os seus amigos, correligionários, todo mundo para estar lá e prestigiar o doutor Luís Fernando.
O vereador pergunta quantas retroescavadeira são e a mulher responde, reiterando o pedido:
- Cinquenta e quatro. O senhor vai mobilizar o seu pessoal, não é?!
As expressões utilizadas pela mulher – muito provavelmente da assessoria da Secretaria de Infraestrutura do Maranhão – denunciam o êxtase eleitoreiro que toma conta do governo do Estado. Termos como “correligionários” e “mobilização” que ela utiliza várias vezes na conversa com o vereador são típicos do período eleitoral.
Entretanto, o mais grave de tudo é a confirmação de que as escavadeiras em questão, que fazem parte da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para benefício da população rural, serão utilizadas apenas para tentar alavancar a candidatura do ex-prefeito de Ribamar para o governo do Maranhão.
Ouça a gravação que confirma a campanha eleitoral antecipada de Luis Fernando Silva:
Postado em: Política  |    |  Tags:  > 

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

LUIS FERNANDO E ROSEANA SARNEY: CAMPANHA ANTECIPADA E ABUSO DO PODER ECONÔMICO

Denúncia feita, denúncia aceita! O blog Lado de Cá teve acesso a um áudio que deixa muito claro os métodos do grupo oligárquico dominante quanto a forma que se utiliza para se perpetuar no poder.

Isso é grave e muito grave! Principalmente porque está se tratando do pré-candidato Luis Fernando que está no governo realizando agendas governamentais e propagando sua campanha antecipadamente e o pior, com o dinheiro que é da população maranhense.
O mais interessante de tudo isso são os ataques desesperados feitos a outros pré-candidatos, sobretudo ao Presidente da EMBRATUR Flávio Dino que aponta disparadamente na frente das pesquisas em relação a Luís Fernando, o candidato da Governadora.
Pra mim é campanha antecipada e abuso do poder econômico. Ele entregará 54 retroescavadeiras o que seria um ato normal se não fosse o convite para prestigiar o Dr. Luis Fernando às 9 horas da manhã dessa sexta (25) em que o mesmo se prepara para um importante palanque eleitoral.

Divulguem o áudio. E façamos ele chegar até ao Poder competente para investigar e julgar o caso.

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Veja o vídeo: Promessas falsas de Roseana Sarney para a Educação

Mentirosa, cínica e dissimulada como sempre, Roseana Sarney mente descaradamente para o povo que ela e sua família mantiveram sem informações e escolaridade durante todo o seu governo. Em sua campanha de 2010, ela fala sobre mudanças na saúde e educação, fato que me motivou a postar esse vídeo para que nunca esqueçamos das manobras que esse grupo utiliza para enganar a população maranhense.




Em Maio de 2013, pela segunda vez, a Governadora veta o projeto de lei que institui o Ensino Integral no Maranhão. Mais uma vez esse povo foi pego na mentira!




domingo, 20 de outubro de 2013

As promessas não cumpridas de Roseana para a juventude

Blog do John Cutrim


O suplente de deputado federal Paulo Marinho Júnior irá assumir nesta segunda-feira (21), a Secretaria de Estado da Juventude, em substituição ao deputado estadual Carlos Filho (PV), que retorna a Assembleia Legislativa.

Ele tomará posse no cargo em solenidade que ocorrerá às 10h, no Palácio dos Leões.
Paulo Marinho Júnior comandará uma pasta em que pouco foi feito ao longo deste mandato da governadora Roseana Sarney.
No panfleto abaixo, disponibilizado pelo blog, segue uma série de promessas de campanha não cumpridas pela governadora no que tange a juventude. Aliás, prometer e não cumprir é mesmo com a filha do senador José Sarney. Até agora, por exemplo, não se tem notícia da “Primeira Escola Metropolitana em tempo integral” e muito menos o “Viva Universitário”.
São estes alguns dos desafios que Marinho terá pela frente.
1388611_10200595823642389_1156610934_n

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Roseana Sarney: “Modelo de combate ao crime em todo o Brasil”

É impressionante o cinismo do Governo de Rosena Sarney. Como se não bastasse amargarmos os piores índices desse País por condições de estarmos amarrados a um projeto Oligárquico que há muito já deveria ter sido superado, ainda temos que ver e ouvir nos diversos meios de comunicação desse Estado as mentiras, o deboche e a subestimação proferida por essa família que estabelece relações feudais com o Maranhão.

Vejam só, em  meio a forte onda de violência na Capital, a população ludovicense se depara com esse outdoor pra lá de sem vergonha .

Fonte: Blog Marrapá
De acordo com o Blog Marrapá, esse panfletão mentiroso que ainda tem coragem de escrever em letras garrafais que “VOCÊ TEM BONS MOTIVOS PARA SE ORGULHAR DO NOVO MARANHÃO”, está no início da Rua Grande, no Centro de São Luis.


quinta-feira, 17 de outubro de 2013

FUNCIONÁRIOS DA EMPRESA VBL PARALISAM POR FALTA DE CONDIÇÕES DIGNAS DE SALÁRIO E TRABALHO

Tem jeito não minha gente! O dilema do transporte público em Imperatriz parece está cada vez mais distante de oferecer um serviço digno para a população. Hoje, funcionários da empresa VBL paralisaram em torno de uma pauta enorme de reivindicações. Como uma empresa que tantos danos traz a uma cidade continua oprimindo direitos essenciais do povo e da classe trabalhadora? Que forças ocultas continuam operando para manter hegemônica uma instituição que tem causado tantos prejuízos a população?
O caso é muito sério, sobretudo porque a empresa tenta maquiar uma realidade evidente a todos nós. Pois, quando o problema não é com a população em geral, é com os seus trabalhadores.
Estive hoje com os trabalhadores e as reclamações são as mesmas. Chegam a ser absurdas. São elas:
- Salários atrasados a mais de Mês
- Vale Farmácia atrasado
- Cesta básica atrasada
- Rescisão parcelada
- Condições precárias de trabalho, sem horário de almoço definido
Os trabalhadores afirmaram que se reunirão na segunda feira com o Sindicato para definir os rumos das reivindicações.


Uma pena que empresas como essa, tenham o poder de  usar e abusar do seu poder político e econômico para atender exclusivamente a seus interesses mercadológicos, deixando o povo que é quem realmente  precisa de serviços humanizados a mercê do esquecimento desumano hegemonizado por grupos que controlam a política de nossa cidade.

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Em Diálogos pelo Maranhão, Flávio Dino denuncia descaso político em Estrada Fantasma

     No último fim de semana, Flávio  Dino visitou o Médio-Mearim do Maranhão. E, na estrada que liga o município de Arame a Paulo Ramos, denunciou o descaso do Governo do Estado com o Povo e a perversa manobra do dinheiro público.
     A estrada possui uma dimensão de 120 km que ligam os dois municípios. No entanto, apenas 20 km foram concluídos mesmo sendo feito o repasse integral para a sua construção.
     No vídeo, Flávio desabafa que está passando por uma Estrada que representa um dos maiores absurdos existente na história política do Maranhão. "É essa realidade do Maranhão que nós estamos demonstrando exatamente porque nós amamos o Maranhão, nós acreditamos no Maranhão. E por isso defendemos a transformação social necessária para que absurdos como esse da Estrada Paulo Ramos-Arame não se realize nunca mais". Enfatizou.

video
Assista ao Vídeo clicando no Link abaixo:

   Por enquanto, no Maranhão, as coisas ainda funcionam assim! Por enquanto...

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

CARLOS HERMES: CONSTRUÇÃO DE UM MANDATO POPULAR E PARTICIPATIVO





Em seu oitavo mês de Legislador, o Vereador Professor Carlos Hermes realiza o Seminário de Construção de um Mandato Popular e Participativo. A atividade acontecerá nesse Sábado (14 de setembro) no auditório da UEMA a partir das 14:00 horas.
Vejo como importante a iniciativa do Mandato, sobretudo, pelo fato da oportunidade de discutir na perspectiva da construção coletiva.
Estaremos lá!!! 

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

DIÁLOGOS PELO MARANHÃO LANÇA JORNAL IMPRESSO


DIÁLOGOS PELO MARANHÃO
Em setembro, saiu a primeira versão do jornal impresso do movimento DIÁLOGOS PELO MARANHÃO.

Conheça as principais discussões do movimento que já percorreu dezenas de cidades do Maranhão para discutir propostas para superar os índices sociais alarmantes que acompanham o Maranhão nos rankings nacionais, como a recente divulgação de que o Maranhão permanece em penúltimo lugar em qualidade de vida (IDH) em comparação aos demais estados brasileiros.
O movimento está pautado em três eixos: Igualdade, Democracia e Desenvolvimento. O Diálogos pelo Maranhão busca a construção conjunta de propostas, dialogando e ouvindo movimentos sociais, partidos, lideranças políticas, sindicatos, igrejas, trabalhadores, empresários, ou seja, toda a sociedade.
Partido Comunista do Brasil

Conheça o jornal clicando no link:

https://blu169.mail.live.com/mail/#!/mail/ViewOfficePreview.aspx?messageid=581115d3-1b0f-11e3-adf1-00237de33944&folderid=00000000-0000-0000-0000-000000000001&attindex=0&cp=-1&attdepth=0&n=1118467923

domingo, 25 de agosto de 2013

Flávio Dino: “há muito desespero e muita desorientação”

Flávio Dino: “há muito desespero e muita desorientação”

Flávio Dino recebeu com serenidade o resultado da última pesquisa para o governo do estado. A consulta, realizada pelo Instituto Amostragem em parceria com o Jornal Pequeno, mostra que ele venceria, em primeiro turno, em todos os cenários apontados. “O resultado nos traz dois sentimentos: de gratidão e de responsabilidade de continuar a caminhada no mesmo sentido”, avaliou Flávio Dino, durante entrevista concedida via Skype, nesta segunda-feira (19), ao apresentador Ricardo Marques, no programa “Direto ao Ponto” (TV Difusora Caxias).

Na oportunidade, o presidente da Embratur foi instado pelo apresentador a comentar o parecer do Ministério Público que recomendou a cassação da governadora Roseana Sarney por abuso de poder econômico e político.

Para Dino, quem não cumpre a lei deve ser punido.

“As eleições de 2010 foram marcadas por muitos crimes e muitas coisas erradas que acabaram levando a vitória e a esse quarto mandato da governadora Roseana. O que o procurador-geral da República [Roberto Gurgel] fez foi confirmar as denúncias que foram feitas de convênios irregulares, convênios frios, convênios fantasmas, dinheiro que foi sacado na boca do caixa que deveria ser aplicado em obras e foi utilizado em campanhas eleitorais. Tudo isso quem está dizendo não é a oposição, quem está dizendo é uma autoridade máxima do Ministério Público no nosso país”, afirmou Flávio Dino, convicto de que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) fará um julgamento estritamente técnico.

No mês de junho de 2010 houve a celebração, por parte do governo do estado, de 979 convênios envolvendo recursos na ordem de R$ 391.290.207,48, dos quais 670 convênios foram publicados três dias antes da convenção partidária que referendou a candidatura de Roseana Sarney, no valor de R$ 165 milhões.

Perguntado se estaria tentando impedir a construção de hospitais do Programa Saúde é Vida através de manobras jurídicas, inclusive o de Caxias, Flávio classificou o boato como resultado do “desespero e muita desorientação no governo do estado”.

“Não partiu de mim, é uma mentira absoluta, nenhuma iniciativa no sentido de interromper obra alguma. O que me parece é que o governo do estado diante de ilegalidade, de erros que eles mesmos cometem, não cumprem as leis, não cumprem os contratos, estão meio que procurando um pretexto antecipadamente. Assim como eles prometeram os 72 hospitais e não cumpriram”, disse Dino.

Confira a seguir, em tópicos, a íntegra das declarações de Flávio Dino:

Pesquisa

O resultado da pesquisa nos traz dois sentimentos: de gratidão, porque essa liderança é fruto de reconhecimento do trabalho político que venho fazendo nesses anos, seja viabilizando obras e projetos, seja defendendo no plano nacional o nosso estado; em segundo lugar o sentimento de responsabilidade de continuar a caminhada no mesmo sentido, defendendo ideias novas, propostas sérias para realmente transformar a qualidade de vida do nosso povo.

Hospitais

Hoje há muito desespero e muita desorientação no governo do estado, eu lamento muito por que eu quero que as coisas aconteçam para o nosso estado e que o dinheiro público seja bem aplicado. Não partiu de mim, é uma mentira absoluta, nenhuma iniciativa no sentido de interromper obra alguma. O que me parece é que o governo do estado diante de ilegalidade, de erros que eles mesmos cometem, não cumprem as leis, não cumprem os contratos, estão meio que procurando um pretexto antecipadamente. Assim como eles prometeram os 72 hospitais e não cumpriram, há uma dúvida na sociedade se de fato eles vão concluir esses hospitais ou se são apenas obras eleitoreiras. O que de fato temos que fazer é cobrar que de fato as obras continuem, que as leis sejam cumpridas e que parem os desvios de verbas públicas e essa é a razão pela qual a saúde do Maranhão continua, infelizmente, nessa situação caótica em que se encontra.

Cassação

As pessoas que não cumprem as leis têm que ser punidas de algum jeito. Essa é a mensagem que o procurador-geral da República deixou bem claro no seu parecer. As eleições de 2010 foram marcadas por muitos crimes e muitas coisas erradas que acabaram levando a vitória e a esse quarto mandato da governadora Roseana. O que o procurador-geral da República fez foi confirmar as denúncias que foram feitas de convênios irregulares, convênios frios, convênios fantasmas, dinheiro que foi sacado na boca do caixa que deveria ser aplicado em obras e foi utilizado em campanhas eleitorais. Tudo isso quem está dizendo não é a oposição, quem está dizendo é uma autoridade máxima do Ministério Público no nosso país. Eu espero que agora o Tribunal Superior Eleitoral julgue essas questões e tenho certeza que sendo, como será um julgamento técnico, a punição deve ser aquela prevista em lei, ou seja, exatamente a cassação do mandato da governadora porque é um mandato ilegítimo, ou seja, ele foi conquistado por meios ilegais.

Fonte: Blog John Cutrim

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

PARABÉNS CAMARADA CARLOS HERMES

Camaradas: Carlos Hermes, Vanessa, João Lucas e Heitor.


Prezados amigos e amigas, meio sem internet esses dias. Por isso a inconstância nas publicações.
Mas hoje quero usar esse humilde espaço para parabenizar o Vereador Professor Carlos Hermes. Um grande amigo, admirado pela capacidade de pautar sua vida nas lutas sociais do povo. Sincero e combativo esse Vereador, Professor, Pai, Amigo é sobretudo um militante que orgulha muito mais que a Família e Conhecidos. Orgulha nossa cidade pela doação, criatividade, perseverança e alegria.
Parabéns, Camarada!